Subversion Repository Public Repository

ramani

Diff Revisions 589 vs 590 for /TCCs/TCC_Ramani/textuais/introducao.tex

Diff revisions: vs.
  @@ -3,11 +3,11 @@
3 3 %Contexto do problema
4 4 \section{Contexto do Problema}
5 5
6 - Na conferência \textit{Internatonal Conferente on Software Engineering de 2004} (ICSE04), \citeonline{kitchenham2004evidence} sugeriram que os pesquisadores da área de Engenharia de Software (ES), passassem a adotar o paradigma baseado em evidencia, nascendo assim a Engenharia de Software Baseada em Evidencias (ESBE). O paradigma baseado em evidencia tem sua origem na medicina, onde posteriormente foi adotado por muitas outras áreas, tais como economia, psicologia, entre outras. Na medicina ela foi usada devido ao fato de que, as pesquisas mostraram que a opinião médica baseada em conselho, não era mais confiável do que uma opinião baseada no acumulo de resultados de experimentos científicos.
6 + Na conferência \textit{Internatonal Conferente on Software Engineering de 2004} (ICSE04), \citeonline{kitchenham2004evidence} sugeriram que os pesquisadores da área de Engenharia de Software (ES), passassem a adotar o paradigma baseado em evidência, nascendo assim a Engenharia de Software Baseada em Evidencias (ESBE). O paradigma baseado em evidência tem sua origem na medicina, onde posteriormente foi adotado por muitas outras áreas, tais como economia, psicologia, entre outras. Na medicina as pesquisas mostraram que a opinião médica baseada em conselho, não era mais confiável do que uma opinião baseada no acúmulo de resultados de experimentos científicos.
7 7
8 - A ESBE faz uso de agregação de evidencias empíricas. A evidencia, também descrita como síntese, pode ser descrita como o melhor estudo em determinado tópico ou questão de pesquisa. Para realização de uma síntese, um dos principais métodos é a Revisão Sistemática da Literatura (RSL). A RSL é o método pelo qual se pode identificar, validar e interpretar todas as pesquisas disponíveis sobre uma questão de pesquisa, tópico ou área de interesse. As pesquisas o qual a RSL se referem são conhecidas como estudos primários, que são os estudos individuais, já as RSL são conhecidas como estudos secundários.
8 + A ESBE faz uso de agregação de evidências empíricas. A evidência, também descrita como síntese, pode ser descrita como o melhor estudo em determinado tópico ou questão de pesquisa. Para realização de uma síntese, um dos principais métodos é a Revisão Sistemática da Literatura (RSL). A RSL é o método pelo qual se pode identificar, validar e interpretar todas as pesquisas disponíveis sobre uma questão de pesquisa, tópico ou área de interesse. As pesquisas o qual a RSL se referem são conhecidas como estudos primários, que são os estudos individuais, já as RSL são conhecidas como estudos secundários.
9 9
10 - Na medicina, o Mapeamento Sistemáticos (MS) é uma metodologia de estudo secundário também frequentemente usada em pesquisas medicas. Um estudo de MS tem como objetivo resumir e sintetizar o estado atual de uma área, fornecendo relatórios de trabalhos publicados, categorizando cada trabalho, onde o relatório pode se dar de forma visual, representado por um mapa na maioria das vezes \cite{Petersen2008}. Segundo \citeonline{Keele2007}, um mapeamento sistemático permite que a evidencia de um domínio seja plotada em um alto nível de granularidade, com isso é possível direcionar o foco de futuras RSL para áreas mais adequadas onde os estudos primários sejam mais apropriados.
10 + O Mapeamento Sistemáticos (MS) é uma metodologia de estudo secundário também frequentemente usada em pesquisas médicas. Um estudo de MS tem como objetivo resumir e sintetizar o estado atual de uma área, fornecendo relatórios de trabalhos publicados, categorizando cada trabalho, onde o relatório pode se dar de forma visual, representado por um mapa na maioria das vezes \cite{Petersen2008}. Segundo \citeonline{Keele2007}, um mapeamento sistemático permite que a evidência de um domínio seja plotada em um alto nível de granularidade, com isso é possível direcionar o foco de futuras RSL para áreas mais adequadas onde os estudos primários sejam mais apropriados.
11 11
12 12 As principais diferenças existentes entre um MS e uma RSL segundo \citeonline{Kitchenham2009} são:
13 13
  @@ -15,17 +15,17 @@
15 15 \item MS possuem questões de abordagem mais amplas em relação as de uma RSL;
16 16 \item O estudo do MS e menos centrado do que uma RSL;
17 17 \item O processo de seleção de estudos de uma MS também é mais amplo, enquanto de um RSL e mais precisa;
18 - \item O nível de análise para o estudo de MS e mais simples, não sendo necessário incluir técnicas de análise em profundidade, como meta-análise, como ocorre em uma RSL;
18 + \item O nível de análise para o estudo de MS é mais simples, não sendo necessário incluir técnicas de análise em profundidade, como meta-análise, como ocorre em uma RSL;
19 19 \item Resultados de um MS são mais limitados do que uma RSL, pois focam em direcionar a pesquisa por estudos primários;
20 - \item Esforço necessário na realização de um MS e menor;
20 + \item Esforço necessário na realização de um MS é menor;
21 21 \end{itemize}
22 22
23 23 %Apresentação do Problema e motivação
24 24 \section{Problemas e Motivação}
25 25
26 - A realização de um estudo secundário, seja ela um MP ou RSL, possuem algumas fases em comum, embora com profundidades diferentes. Na fase de estratégia de busca, no qual ambas tendem a selecionar os estudos primários que iram compor o estudo, a tarefa pode a vir a se torna onerosa, e sujeita a erros, devido ao esforço necessário em sua realização. O esforço leva em consideração o trabalho de seleção e revisão de cada estudo primário. \citeonline{Sampaio2007} expõem que, os pesquisadores devem garantir que todos os estudos relevantes ou que possam ter algum impacto na conclusão da revisão sejam incluídos, levando em consideração os critério de inclusão e exclusão estudos, definidos no inicio do projeto. Outro esforço requerido para a seleção dos estudos, é o esforço em conjunto dos pesquisadores na sua realização.
26 + A realização de um estudo secundário, seja ela um MP ou RSL, possuem algumas fases em comum, embora com profundidades diferentes. Na fase de estratégia de busca, no qual ambas tendem a selecionar os estudos primários que irão compor o estudo, a tarefa pode a vir a se tornar onerosa, e sujeita a erros, devido ao esforço necessário em sua realização. O esforço leva em consideração o trabalho de seleção e revisão de cada estudo primário. \citeonline{Sampaio2007} expõem que, os pesquisadores devem garantir que todos os estudos relevantes ou que possam ter algum impacto na conclusão da revisão sejam incluídos, levando em consideração os critério de inclusão e exclusão dos estudos, definidos no inicio do projeto. Outro esforço requerido para a seleção dos estudos, é o esforço em conjunto dos pesquisadores na sua realização.
27 27
28 - No trabalho de \citeonline{Kitchenham2009}, o autor identificaram que o processo de busca pelos estudos primários, na realização de uma RSL, onde se utiliza o método de busca por \textit{string}, método o qual recomendado pela a maioria das diretrizes, pode vir a ser muito oneroso. O uso de longos termos de pesquisas, necessitam sempre ser adaptados para os motores de buscas a serem utilizados. Com o uso do MS previamente a uma RSL, poderia se ter um melhor direcionamento para os estudos primários adequados a abordagem RSL em questão, diminuindo significamento o tamanho dos termo a serem usados na pesquisa. Embora um MS possa ser fundamental para melhorar o foco de uma RSL, como ocorre em área da medicina, ela é bastante negligenciada em áreas como a de ES, onde segundo \citeonline{Petersen2008}, isto pode esta associado ao fato de que MS não foram descobertos ainda como um método para agregar pesquisas em ES.
28 + No trabalho de \citeonline{Kitchenham2009}, o autores identificaram que o processo de busca pelos estudos primários, na realização de uma RSL, onde se utiliza o método de busca por \textit{string}, método recomendado pela a maioria das diretrizes, pode vir a ser muito oneroso. O uso de longos termos de pesquisas, necessitam sempre ser adaptados para os motores de buscas a serem utilizados. Com o uso do MS previamente a uma RSL, poderia se ter um melhor direcionamento para os estudos primários adequados a abordagem RSL em questão, diminuindo significamento o tamanho dos termo a serem usados na pesquisa. Embora um MS possa ser fundamental para melhorar o foco de uma RSL, como ocorre em área da medicina, ela é bastante negligenciada em áreas como a de ES, onde segundo \citeonline{Petersen2008}, isto pode esta associado ao fato de que MS não foram descobertos ainda como um método para agregar pesquisas em ES.
29 29
30 30 Com o aumento do interesse da ES em conduzir estudos empíricos, para a validação e uso de novas tecnologias, os estudos primários necessários para a realização de uma RSL precisam ser os mais relevantes possíveis. \citeonline{Dieste2007} afirmam que desenvolver estratégias de buscas, que possam recuperar o máximo informações relevantes, mantendo um esforço e custo de desenvolvimento baixo, é fundamental para geração de evidências. O método de seleção abordado em ES, sugerido segundo \citeonline{Kitchenham2009}, que é realizado através de pesquisas em banco de dados, utilizando \textit{strings} de pesquisa bem definida, é o mais comum porém possui uma alternativa válida que vem sendo explorada, que é a técnica de \textit{snowballing}.
31 31
  @@ -35,12 +35,12 @@
35 35
36 36 \section{Objetivos} \label{cap:objetivos}
37 37
38 - Este trabalho visa a refatoração da ferramenta chamada Ramani, desenvolvida inicialmente por \cite{de2013ramani}. A ferramenta Ramani foi desenvolvida para apoiar os pesquisadores, no desenvolvimento de projetos de MS, focado nos aspectos colaborativos, principalmente na seleção dos estudos. A ferramente em si faz uso do \textit{snowballing} como principal método de seleção dos estudos. Na sua primeira versão, a ferramenta desenvolvida, faz uso apenas da biblioteca digital \textit{Association for Computing Machinery} (ACM), como fonte de extração dos estudos primários, além de possuir um tempo de seleção significamento alto, embora automatizado, além de haver também inconsistência em alguns dados extraídos.
38 + Este trabalho tem por objetivo refatorar e estender a ferramenta chamada Ramani, desenvolvida inicialmente por \cite{de2013ramani}. A ferramenta Ramani foi desenvolvida para apoiar os pesquisadores, no desenvolvimento de projetos de MS, focado nos aspectos colaborativos, principalmente na seleção dos estudos. A ferramente em si faz uso do \textit{snowballing} como principal método de seleção dos estudos. Na sua primeira versão, a ferramenta desenvolvida faz uso apenas da biblioteca digital \textit{Association for Computing Machinery} (ACM), como fonte de extração dos estudos primários, além de possuir um tempo de seleção significamento alto, embora automatizado, além de haver também inconsistência em alguns dados extraídos.
39 39
40 - O principal foco deste trabalho será o aprimoramento do método de seleção e extração dos estudos primários, visando uma melhor eficácia na extração das informações das bibliotecas digitais, através do \textit{snowballing}, bem como a diminuição no tempo de execução do procedimento. Outros pontos serem aprimorados e incluídos são:
40 + Portanto, o principal foco deste trabalho será o aprimoramento do método de seleção e extração dos estudos primários, visando uma melhor eficácia na extração das informações das bibliotecas digitais, através do \textit{snowballing}, bem como a diminuição no tempo de execução do procedimento. Outros pontos a serem aprimorados e incluídos são:
41 41
42 42 \begin{itemize}
43 - \item Adição da nova biblioteca de extração \textit{IEEE Xplore Digital Library};
43 + \item Recurso de extração de dados da biblioteca digital \textit{IEEE Xplore Digital Library};
44 44 \item Novas estratégias para seleção de estudos primários;
45 45 \item Critérios para ordenação dos estudos selecionados;
46 46 \item Criação de visualização de dados;
  @@ -49,4 +49,4 @@
49 49
50 50 \section{Roteiro}
51 51
52 - Este trabalho esta organizado da seguinte maneira, na seção 2 temos a fundamentação teórica sobre estudos secundários e recuperação de informação. Na seção 3 temos a arquitetura da ferramente Ramani e sua implementação. Na seção 4 discutiremos o modelo de extração e os algorítimos do \textit{snowballing} e suas avaliações. Na seção 5 demostraremos a ferramente Ramani e a condução de como criar projetos, realizar seleções e visualizar dados. Finalmente na seção 6 discutiremos os resultados obtidos, assim como futuros trabalhos.
52 + Este trabalho esta organizado da seguinte maneira, no Capítulo 2 temos a fundamentação teórica sobre estudos secundários e recuperação de informação. No Capítulo 3 temos a arquitetura da ferramente Ramani e sua implementação. No Capítulo 4 discutiremos o modelo de extração e os algorítimos do \textit{snowballing} e suas avaliações. No Capítulo 5 demostraremos a ferramente Ramani e a condução de como criar projetos, realizar seleções e visualizar dados. Finalmente no Capítulo 6 discutiremos os resultados obtidos, assim como futuros trabalhos.